TJGO: Prova escrita do Concurso para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de Goiás será no dia 13 de março

Facebook0
Twitter200
Instagram0
WhatsApp
FbMessenger

Loading

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) informa que a próxima fase do concurso para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de Goiás será no dia 13 de março. Nessa data, candidatas e candidatos serão submetidos a uma prova escrita e prática, que será aplicada no Campus 5 da Pontifícia Universidade Católica (PUC-GO), no Jardim Goiás, com abertura dos portões às 7h30, e fechamento às 8h30. O exame começará, pontualmente, às 9 horas.

A relação nominal das aprovadas e dos aprovados para essa etapa está no Edital de Convocação, no qual consta demais orientações para o certame. O documento é assinado pelo desembargador Marcus da Costa Ferreira, presidente da Comissão de Concurso. Veja Edital.

Três concursos em andamento

Aprimorar a prestação jurisdicional tem sido a tônica da gestão do presidente do TJGO, desembargador Carlos França. O objetivo exige investimento também em recursos humanos e, para isso, de forma inédita, o Poder Judiciário está realizando três concursos públicos, com editais lançados no intervalo de menos de um ano: para juiz substituto, com 52 vagas, cartorários extrajudiciais, com 292, e analista judiciário, com 95 vagas.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Goiás.

Visite-nos pelo https://linktr.ee/cartoriodesobradinho

(Siga o Cartório de Sobradinho no Instagram)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine e fique por
dentro de nossas
últimas notícias!

Balcão Virtual Extrajudicial!

Certificado
E-notariado

Veja Mais

POSSIBILIDADE DE MANUTENÇÃO DE EX-CÔNJUGE EM PLANO DE SAÚDE

Loading

No julgamento do AgInt nos EDcl no RMS 55.492, a Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça citou precedentes do colegiado para concluir que não há ilegalidade no processo de divórcio que prevê a manutenção do ex-cônjuge no plano de saúde do outro. A jurisprudência da Corte Superior pauta-se no

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça aprovou nova súmula

Loading

A súmula trata sobre ação indenizatória por dano moral: “O direito à indenização por danos morais transmite com o falecimento do titular, possuindo os herdeiros da vítima legitimidade ativa para ajuizar ou prosseguir na ação indenizatória”, diz o enunciado. A Súmula 642, do projeto 1.237, foi relatada pelo ministro Benedito

Olá visitante!

Institucional

Telefone: (61) 3298-3300

Endereço: Quadra Central Bl. 07 Loja 05

Receba nosso boletim semanal exclusivo com notícias de direito notarial e registral

Fique por dentro de todas as nossas novidades e serviços

 

Conheça também nossa página de Serviços e nosso Blog 

Também não gostamos de Spam, manteremos seus dados protegidos, Veja nossa política de privacidade