Dica cultural – “A bailarina da morte”, de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling

Facebook0
Twitter200
Instagram0
WhatsApp
FbMessenger

Loading

A dica de hoje do jornalista Anderson Olivieri – responsável pela comunicação do Cartório de Sobradinho – é o livro “A bailarina da morte”, de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling, lançado neste mês de outubro, pela editora Companhia das Letras:

“Avanço pelas últimas páginas de “A bailarina da morte”, numa leitura quase de um fôlego só. Comprei o livro na última sexta-feira e, desde então, sempre que o larguei, a vontade de retomá-lo era grande.

Isso porque as excelentes escritoras Lilia Schwacz e Heloísa Starling preparam uma obra incrível, com detalhes inéditos, sobre a gripe espanhola no Brasil – pandemia que assolou o país em 1918.

O livro é uma reconstrução impecável deste evento histórico que tanto marcou o país – tanto pelos avanços medicinais conquistados a partir desta pandemia como, claro, pelas milhares de mortes ocorridas no Brasil em razão da gripe espanhola.

Neste tempo atual de pandemia, descobrir como o Brasil se comportou em sua última grande peste – e perceber tantas reações similares de governantes daquele tempo com os de hoje –é uma tarefa prazerosa.

Por isso recomendo “A bailarina da morte – a gripe espanhola no Brasil”, das colegas Lilia Schwacz e Heloísa Starling. É realmente imperdível!”

(Siga o Cartório de Sobradinho no Instagram)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine e fique por
dentro de nossas
últimas notícias!

Balcão Virtual Extrajudicial!

Certificado
E-notariado

Veja Mais

Confira o nosso funcionamento no feriado de Carnaval

Loading

De acordo com o disposto no Provimento-Geral da Corregedoria de Justiça do Distrito Federal aplicado aos Serviços Notariais e de Registro, não funcionaremos na segunda-feira e terça-feira de Carnaval, bem como na quarta-feira de Cinzas, até as 12h. Reabriremos na quarta-feira de Cinzas às 12h. Para o registro dos nascimentos

TJDFT realiza sessão inédita composta apenas por magistradas

Loading

Pela primeira vez, na história do TJDFT, aconteceu uma sessão com um colegiado composto exclusivamente por mulheres. O fato ocorreu na 2ª Turma Recursal, no dia 14 de junho, em sessão presencial presidida pela Juíza Giselle Rocha Raposo junto com as Juízas Marília Sampaio, Silvana da Silva Chaves e Gabriela

Olá visitante!

Institucional

Telefone: (61) 3298-3300

Endereço: Quadra Central Bl. 07 Loja 05

Receba nosso boletim semanal exclusivo com notícias de direito notarial e registral

Fique por dentro de todas as nossas novidades e serviços

 

Conheça também nossa página de Serviços e nosso Blog 

Também não gostamos de Spam, manteremos seus dados protegidos, Veja nossa política de privacidade