Dica cultural – “A morte de Ivan Ilitch”

Facebook0
Twitter200
Instagram0
WhatsApp
FbMessenger

Loading

Desta vez, na dica cultural do Cartório de Sobradinho, o Anderson Olivieri – jornalista responsável pela comunicação do Cartório de Sobradinho, traz uma recomendação bastante especial – uma obra-prima da literatura mundial:

“Pessoal, a dica de hoje é de um livro que já li duas vezes. Maravilhoso, tido mundo afora como uma obra-prima da literatura universal.

O título é “A morte de Ivan Ilitch”, do gênio da literatura Lev Tostói. Publicada em 1886, esta novela russa expõe dramas do homem, especialmente o da morte. É por meio do personagem Ivan Ilitch que Tostói propõe uma ampla reflexão sobre vãs prioridades, hipocrisias e comportamentos humanos.

Tudo na vida de Ivan Ilitch obedece a um padrão estabelecido como ideal pela sociedade. Ele é um magistrado bem sucedido na Rússia czarista do século XIX. Casado com Prascóvia, tem 3 filhos. Socialmente, transita pela elite econômica e intelectual da cidade onde mora. Tudo caminha relativamente bem até que um acidente doméstico o põe frente a frente com dilemas e dramas próprios do homem.

Nesta novela de 76 páginas, a história de Ivan Ilitch arrasta o leitor à indagação de se não se trata da história da morte de um homem que sequer viveu. Ou seja, parece uma novela de meditação sobre a morte, mas, a rigor, é sobre a vida.

Não percam, portanto, esta joia da literatura mundial: A morte de Ivan Ilitch!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine e fique por
dentro de nossas
últimas notícias!

Balcão Virtual Extrajudicial!

Certificado
E-notariado

Veja Mais

DICA DE LEITURA: “METADE”, DE OSWALDO MONTENEGRO

Loading

A dica de hoje do jornalista Anderson Olivieri – responsável pela comunicação do Cartório de Sobradinho – é o poema “Metade”, do cantor e poeta Oswaldo Montenegro: Que a força do medo que tenho Não me impeça de ver o que anseio Que a morte de tudo em que acredito

DICA DE LEITURA: “CIAO”, DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Loading

A dica de hoje do jornalista Anderson Olivieri – responsável pela comunicação do Cartório de Sobradinho – é a última crônica escrita por Carlos Drummond de Andrade, no Jornal do Brasil, em 29 de setembro de 1984, intitulada “Ciao”: Há 64 anos, um adolescente fascinado por papel impresso notou que,

A sucessão dos comorientes

Loading

A Comoriência traduz a situação jurídica de morte simultânea. De acordo com a regra ora citada, “se dois ou mais indivíduos falecerem na mesma ocasião, não se podendo averiguar se algum dos comorientes precedeu aos outros, presumir-se-ão simultaneamente mortos.” A regra da comoriência, prevista no art. 8º do Código Civil,

Olá visitante!

Institucional

Telefone: (61) 3298-3300

Endereço: Quadra Central Bl. 07 Loja 05

Receba nosso boletim semanal exclusivo com notícias de direito notarial e registral

Fique por dentro de todas as nossas novidades e serviços

 

Conheça também nossa página de Serviços e nosso Blog 

Também não gostamos de Spam, manteremos seus dados protegidos, Veja nossa política de privacidade