DICA DE LEITURA: “A VIDA EM VÃO”, DE RUY CASTRO

Facebook0
Twitter200
Instagram0
WhatsApp
FbMessenger

Loading

A dica de hoje do jornalista Anderson Olivieri – responsável pela comunicação do Cartório de Sobradinho – é a crônica “A vida em vão”, de autoria do escritor Ruy Castro:

Perdi quase 20 amigos na pandemia. Tão ruim quanto nunca mais vê-los era pensar que estavam morrendo na época mais triste da nossa história, num Brasil que jamais teriam imaginado chegar àquele ponto —a caminho de uma ditadura pior que a de Getulio (1937-45) e a dos militares (1964-85).

O país a que dedicaram a vida, certos de que um dia teríamos desenvolvimento com liberdade, riqueza com justiça social e alegria com responsabilidade, não podia ser o de Bolsonaro. A morte naquele momento, e em condições tão cruéis, era a derrota, a sensação de que tinham vivido em vão.

Todo jovem faz fé no futuro. Na ditadura, fui preso numa passeata, estava no centro de um grupo que levou uma bomba da polícia e perdi três empregos, dois dos quais na noite do AI-5. Mas valeu a pena, nunca me queixei. Conheci ou morei em países sob ditadura, censura, prisões, desaparecimentos e tortura. Presenciei duas quedas de governo, uma delas em Portugal, em 1974. Em matéria de presidentes, incluindo os de fora, fui contemporâneo de deposições, renúncias, impeachments, suicídios e assassinatos. E vi o mundo se meter em pelo menos 20 guerras, com milhares de mortos de cada lado —em todas, mesmo à distância, tomei partido e vibrei ou sofri com o resultado.

Precisei chegar à idade provecta para concluir que nenhum desses atos extremos resolveu os problemas que os causaram, e que a vitória ou derrota de qualquer dos lados não trouxe seus mortos de volta. Não estou dizendo que se deva ficar neutro ou indiferente, mas, hoje, mais do que a ideologia, o que me move é o martírio dos inocentes, sob qualquer bandeira, ao alcance dos tiros, mísseis, explosões, soterramentos, ferimentos, doenças, sede e fome. Se morrerem, eles, sim, terão vivido em vão.

Como de regra, esta guerra no Oriente Médio começou como sendo de vida ou morte para os dois lados. Mas ambos já perderam.

Visite-nos pelo https://linktr.ee/cartoriodesobradinho

(Siga o Cartório de Sobradinho no Instagram)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine e fique por
dentro de nossas
últimas notícias!

Balcão Virtual Extrajudicial!

Certificado
E-notariado

Veja Mais

TJRN – Comissão conclui atividades do concurso de serventias extrajudiciais

Loading

​​ A comissão do último concurso público para Delegação dos Serviços Extrajudiciais do Rio Grande do Norte deu por encerradas as atribuições e formalizou a finalização do certame. Este ato oficial significa que não haverá a possibilidade de realização de mais uma audiência de escolha referente a este certame, conforme

Número de brasileiros que mudaram de nome chega a 1.548 em dois meses

Loading

Em apenas dois meses, 1.548 pessoas trocaram de nome no Brasil. A alta, registrada entre os meses de julho e agosto, se deve à Lei 14.382/2022, que altera a Lei dos Registros Públicos (6.015/1973), a Lei dos Notários e dos Registradores (8.935/1994) e o Código Civil. Segundo a nova legislação, qualquer pessoa pode trocar

Portaria Conjunta Proíbe Cremação

Loading

Portaria conjunta proíbe cremação de corpos não identificados durante pandemia Foi publicada no dia último dia 7, no Diário da Justiça, a Portaria Conjunta 02/2020, de lavra do corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, e pelo ministro da Saúde, Nelson Teich, a qualuniformiza os procedimentos prévios e excepcionalmente criados para

Olá visitante!

Institucional

Telefone: (61) 3298-3300

Endereço: Quadra Central Bl. 07 Loja 05

Receba nosso boletim semanal exclusivo com notícias de direito notarial e registral

Fique por dentro de todas as nossas novidades e serviços

 

Conheça também nossa página de Serviços e nosso Blog 

Também não gostamos de Spam, manteremos seus dados protegidos, Veja nossa política de privacidade